jogatina

Assine jogatina por R$2,00/semana
Continua após publicidade

O que dizem Rivaldo e irmã de Neymar sobre supostas doações a investigado

Pentacampeão e Rafaella Santos teriam feito doações a influenciador que ajudava a manter os acampamentos em frente aos quartéis do Exército

Por Ricardo Chapola
12 nov 2023, 10h26

Citado em meio às investigações que apuram a existência de uma suposta milícia digital que atuava para minar instituições democráticas, Rivaldo, pentacampeão do mundo pela seleção brasileira na Copa de 2002, confirmou ter doado R$ 2 mil a Salomão Vieira, um influenciador gospel investigado no inquérito que busca, entre outras coisas, os financiadores dos atos golpistas de 8 de janeiro.

O ex-jogador confirmou que fez a doação, mas  negou saber da destinação que foi dada aos dois depósitos realizados em novembro do ano passado a pedido do cantor evangélico, com objetivo de “ajudar pessoas carentes”.

“Rivaldo fez a doação por motivos religiosos, já que Vieira e ele são evangélicos e compactuam da mesma doutrina. As doações foram um pedido de Salomão. Ele disse que era para comprar colchão, agasalho e água a pessoas carentes”, afirmou Betellen Dante, advogado de Rivaldo, que também negou qualquer envolvimento do ex-jogador com o influenciador.

O nome de Rivaldo  foi mencionado  há cerca de três semanas, quando um dos investigados contou à PF que Rivaldo teria transferido R$ 50 mil ao evangélico. Salomão Vieira, que está foragido da Justiça desde o início do ano, também teria recebido doações de Rafaella Santos, irmã de Neymar.

Em nota, a assessoria de Rafaella informou que ela não conhece o cantor Salomão e desconhece qualquer movimentação financeira (via PIX ou transferência bancária) feita de sua conta para a conta do influenciador.

Continua após a publicidade

“A assessoria de imprensa de Rafaella repudia veementemente o envolvimento leviano do seu nome e imagem associada às graves acusações contra o citado cantor”, diz o texto, no qual a assessoria também estuda a hipótese de apurar eventual fraude bancária envolvendo o nome dela.

No ano passado, Salomão Vieira já era conhecido como alguém que ajudava na arrecadação de donativos para ajudar a manter os manifestantes que permaneciam em frente aos quartéis do Exército. Ele também gravou vídeos incitando manifestantes contra as instituições democráticas.

Em janeiro, o influenciador fugiu para o Paraguai junto com outros investigados pelo Supremo Tribunal Federal. Eles  conviveram por um período e trocaram informações No mês passado, a Interpol, a pedido da Polícia Federal, realizou uma operação no Paraguai e prendeu três deles. Vieira escapou.

Publicidade
jogatina Mapa do site

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por jogatina.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.

jogatina Mapa do site