6666betg

Assine 6666betg por R$2,00/semana
Imagem Blog

Radar Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Robson Bonin
Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Nicholas Shores e Ramiro Brites. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Continua após publicidade

PF cumpre mandados para apurar crimes na exploração de sal-gema em Maceió

Operação foi batizada de "Lágrimas de Sal", em referência ao sofrimento causado aos mais de 60.000 moradores expulsos de bairros afetados pela Braskem

Por Gustavo MaiaMateria seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 21 dez 2023, 15h57 - Publicado em 21 dez 2023, 08h06

APF deflagrou na manhã desta quinta-feira uma operação para apurar crimes cometidos ao longo de mais de quatro décadas de exploração de sal-gemaemMaceió, que resultou no afundamento do solo em bairros da capital alagoana e expulsou mais de 60.000 moradores da região, em 2018. A Braskem é empresa responsável pela mina que está em risco de colapso, mas não foi citada no comunicado da Polícia Federal à imprensa.

Batizada de “Lágrimas de Sal”, em referência ao sofrimento causado à população, a operação tem como objetivo “robustecer o conjunto probatório existente e elucidar pontos referentes à apuração dos crimes”, de acordo com a nota. Cerca de 60 policiais federais cumprem 14 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal de Alagoas, sendo 11 em Maceió, dois no Rio de Janeiro e um em Aracaju.

“De acordo com as investigações, foram apurados indícios de que as atividades de mineração desenvolvidas no local não seguiram os parâmetros de segurança previstos na literatura científica e nos respectivos planos de lavra, que visavam garantir a estabilidade das minas e a segurança da população que residia na superfície”, informou a PF.

“Além disso, foram identificados indícios de apresentação de dados falsos e omissão de informações relevantes aos órgãos públicos responsáveis pela fiscalização da atividade, permitindo assim a continuidade dos trabalhos, mesmo quando já presentes problemas de estabilidade das cavidades de sal e sinais de subsidência do solo acima das minas”, complementou.

Continua após a publicidade

A polícia afirmou ainda que os investigados poderão responder pelos crimes de poluição qualificada, usurpação de recursos da União, apresentação de estudos ambientais falsos ou enganosos, inclusive por omissão, entre outros delitos.

A Braskem disse que está acompanhando a operação da PF nesta manhã e que está à disposição das autoridades, “como sempre atuou”.

“Todas as informações serão prestadas no transcorrer do processo”, acrescentou a empresa.

Publicidade
6666betg Mapa do site

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por 6666betg.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.

6666betg Mapa do site