55brl

Assine 55brl por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Notícias sobre gastos públicos

Integrantes das Forças Armadas devem passar à reserva não remunerada no registro da candidatura, caso não tenham o mínimo de 35 anos de tempo de serviço
Governador quer extinguir braços da máquina pública, e Alesp deve colaborar
Banco público fica sob influência do PP de Lira e Ciro Nogueira; do PL de Valdemar Costa Neto e Jair Bolsonaro; e, do Republicanos, de Marcos Pereira
Com o aval de Lula, nunca antes parlamentares federais tiveram acesso a tantos recursos do orçamento para influenciar nas eleições em suas cidades
Cláudio Cajado diz que perspectiva é positiva, mas depende de embate interno ao governo
Lula sanciona com vetos lei que determina regras para o Orçamento de 2024

Lula sanciona com vetos lei que determina regras para o Orçamento de 2024

Por Da Redação
Atualizado em 2 jan 2024, 15h32 - Publicado em 2 jan 2024, 06h54
Haddad segue com desafio nas contas enquanto demais indicadores parecem bem encaminhados
Ritual de aprovação do orçamento para 2024 começa hoje e é revelador do pacto entre governo e Congresso sobre as prioridades nacionais
Publicidade
Gastos com emendas parlamentares na temporada eleitoral de 2024 equivalem ao faturamento anual do agronegócio em Mato Grosso do Sul
PT acusa forças ocultas no Centrão de "deformar a agenda política", mas Lula não é refém: ele escolheu partilhar o governo com esse grupo de partidos
Ele ainda não deu pistas da resposta à mais relevante de todas as questões sobre qualquer projeto de estabilização econômica: Quem paga a conta?
Fábrica de pobre

Fábrica de pobre

José Casado Por
José Casado
Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
O avanço da pobreza no Brasil e na Argentina corrói e desmonta governos
Governo quer usar caixa da empresa para subsidiar preços de combustíveis e financiar obras. PT e aliados querem nomear executivos com poder sobre contratos
Em entrevista à coluna, o governador critica a falta de compromisso com uma reforma administrativa
Governo federal gasta cada vez mais com antigas obras paradas, não sabe quais são prioritárias para retomada, nem como evitar que as novas sejam paralisadas
Pesquisa em dez capitais, mostra melhor avaliação em Curitiba. As piores: Belém (46,9%), São Paulo (46,6%), Rio de Janeiro (40,5%) e Fortaleza (36,1%)
Ninguém sabe quanto as pessoas e as empresas vão pagar de imposto, mas já tem isenção fiscal garantida até para importação de óleo combustível na Amazônia
Por enquanto, desenham-se duas certezas sobre as finanças públicas: as contas não fecham e deverá sobrar uma fatura extra de impostos para a sociedade
Publicidade
Continua após publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por 55brl.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.

55brl Mapa do site